20/07/2011

Os Amantes de Novembro




Virginia Palomeque

Os Amantes de Novembro

Ruas e ruas dos amantes

Sem um quarto para o amor

Amantes são sempre extravagantes

E ao frio também faz calor

Pobres amantes escorraçados

Dum tempo sem amor nenhum

Coitados tão engalfinhados

Que sendo dois parecem um

De pé imóveis transportados

Como uma estátua erguida num

Jardim votado ao abandono

De amor juncado e de outono.

Alexandre O'Neill


04/07/2011

Teoria do Amor




Amor é mais do que dizer.

Por amor no teu corpo fui além

E vi florir a rosa em todo ser

fui anjo e bicho e todos e ninguém.


Como Bernard de Ventadour amei

uma princesa ausente em Tripoli

amada minha onde fui escravo e rei

e vi que o longe estava todo em ti.


Beatriz e Laura e todas e só tu

rainha e puta no teu corpo nu

o mar de Itália a Líbia o belvedere.


E quanto mais te perco mais te encontro

morrendo e renascendo e sempre pronto

para em ti me encontrar e me perder.


Manuel Alegre



Related Posts with Thumbnails

Contribuidores