17/08/2013

Amor é bicho instruído









Amor é bicho instruído
Olha: o amor pulou o muro
o amor subiu na árvore
em tempo de se estrepar.
Pronto, o amor se estrepou.
Daqui estou vendo o sangue
que escorre do corpo andrógino.
Essa ferida, meu bem
às vezes não sara nunca
às vezes sara amanhã.

CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE



Enviar um comentário
Related Posts with Thumbnails

Contribuidores